Chartapacia

Esta é a possível origem da palavra Cartapácio: um livro grande e antigo, um alfarrábio, uma coleção de manuscritos em forma de livros. Do latim medieval chartapacĭa-, de charta pacis, «documento da paz». O livro da imagem acima chama-se Sacramental, é o livro mais antigo impresso em Língua Portuguesa. “Foi escrito por Clemente Sánchez de Vercial, um homem que viveu entre o século XIV... Continue Reading →

Featured post

Ruth

Alguém que amo muito, um dia me disse que sonho demais, e ele tem toda razão. Eu tenho os pés nas nuvens, a alma errante e o céu da minha boca é estrelado. É assim que sou. É disso que sou feita. Sou feita de nuvens e sonhos e é isso o que move todas... Continue Reading →

Identidade

Na ponta dos meus dedos, tua identidade secreta é revelada. Nos teus beijos, no calor que teu corpo emana quando estremece junto ao meu. Mãos que enlaçam e entrelaçam amor transbordante. Olhos que consomem. Lábios que tocam a alma completando minhas formas incompletas. Teu espírito preenche todo o meu ser. E o coração em peito... Continue Reading →

Datilografia

Sou do tempo em que se fazia curso de datilografia. Era bom para o currículo e se tivesse o curso de máquina elétrica, então, melhor ainda. Tenho os dois. O Pai foi para fila do SENAC quase de madrugada para conseguir vaga para mim e para o meu irmão. Eu devia ter uns 16 anos,... Continue Reading →

Tu/Você

A palavra "você" não faz parte do cotidiano no RS. Ela não se encaixa na nossa escrita nem na nossa fala, é quase como se não existisse. Aqui, nos tratamos por "tu" e se for necessário maior respeito ou formalidade, falamos senhor ou senhora. Usar "você" na fala causa um estranhamento imediato, um tipo de... Continue Reading →

Siblings

Esta sou eu menina, tinha 7 anos incompletos. Fui uma criança muito feliz! Brinquei na rua com os pés descalços, tomei banho de chuva, andei muito de patins e bicicleta, colecionei papéis de carta e bolinhas de gude, completei o álbum de figurinhas do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Conheci uma liberdade que meus filhos não... Continue Reading →

Felicidade

Esta foto é, literalmente, o retrato da minha felicidade. Eu, meu irmão do meio, meu primo mais velho, a nossa avó e a casa. Ah... A casa! A minha casa! É assim que a sinto apesar dela ser muito mais antiga do que eu e nem pertencer mais à nossa família. Eu amava esse macacão,... Continue Reading →

Theatro Sete de Abril

Sair com a minha avó era sempre garantia de uma programação, no mínimo, inusitada. Ela estava sempre inquieta, buscado algo para fazer. E lá ia eu, fiel escudeira, acompanhar a minha heroína! Visitando Pelotas, minha terra Natal, nos deparamos com a porta do Theatro Sete de Abril aberta, um passaporte ao seu passado. Adentramos ao... Continue Reading →

Paramore

Enquanto ouço Paramore - "How can I decide what's right? When you're clouding up my mind." - os carros da Fórmula 1 seguem dando voltas no Circuito de Monza. Dona Florinda acabou de dar outra bofetada no rosto do Seu Madruga e a cabeça do meu filho procura um carinho enquanto pousa na minha perna.... Continue Reading →

(F)Sé

Estava dentro de um uber, indo para o Centro visitar a Catedral da Sé. Eu tinha chorado bastante e havia resolvido que não queria mais sair naquele dia, mas mudei de ideia. Não queria me despedir de São Paulo. Devia ser quase quatro horas da tarde. Nosso voo saía às 5 da manhã para Porto... Continue Reading →

Aurora

O avião aos poucos ganhando velocidade pra decolar. Saindo assim, às escuras, em plena madrugada. Com a bênção de não poder enxergar, à luz do dia, tudo o que esta ficando pra trás — assim dói menos, pensei eu. Os novos amigos, a velha e linda cidade, os sonhos, o calor humano, todo amor que... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

life's adventure world.

Solving problems through enlightenment and life experiences, life is short and so are my posts enjoy!

O Caminhante

emeio: o_mensageiro@outlook.com.br

Cachorro Magro?

Cachorro magro não tem fome, tem necessidade.

phenobilities

thoughts on phenomena & (im)possibilities

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

EntreContos

Detox Literário.

Conhecer Portugal em família

Visitar todos os concelhos de Portugal, em família.

THE DELAGOA BAY WORLD

Temas de ABM, principalmente Moçambique

Ruas com história

Toponímia em Portugal

Portal de Crônicas

Conversas entre nós

Ingrid Osternack Barros Neves

Artista Plástica e Ilustradora

entre conversas e flores

o que é a vida senão um conjunto de pequenas histórias?

UAÍMA

Caminante, no hay camino

Electronic Maze

Venha se perder nesse labirinto e encontre a arte em você

A Página Negra de Manuel S. Fonseca

Blog de escrita e de reflexão lúdicas. Um lema: chatices não!

Literatura em Conta-Gotas

Trechos e fragmentos de livros, dicas de leitura e frases bonitas ou interessantes.

P. R. Cunha

[ sítio web ]