Going gray


A chegada da idade não é algo que me preocupe. Não, não está perto do meu aniversário. Tenho estas reflexões diante das mais variadas situações do dia a dia.

Não me preocupam os fios de cabelo branco, as linhas que surgem no meu rosto nem tão pouco a perda de elasticidade e agilidade do meu corpo.

Tenho minhas vaidades; compro cremes que não uso, loções que se perdem nos armários, batons que desbotam, cápsulas que não tomo. Faço sim minhas tentativas, não pense mal de mim, não é desleixo, nem descaso nem falta de amor próprio. Apenas me percebo ainda a mesma, toda vez que me olho no espelho.

Não sinto a necessidade de disfarçar as marcas para despistar o tempo. Talvez quem me olhe pense diferente mas é assim que me vejo. É que minha vaidade está em outras coisas. Está em tudo que faço, tudo que penso, tudo que sinto, tudo que construo, tudo que a muito custo consigo ser.

Minha vaidade está no que faço bem, nas coisas que concluo e até mesmo no que ainda está em construção. Talvez tudo isso me traga o mesmo prazer que traga para algumas mulheres vestir um scarpin vermelho salto agulha. E tudo é lindo, tudo é válido. Não existe nisto o certo ou o errado, não existe uma cartilha sobre o Ser, a gente apenas é o que é.

O tempo me trouxe a consciência de não forçar minha natureza no que não seja necessário pro meu bem estar. Tento fazer o que me faz bem, o que me dá prazer, o que me faça sentir completa, o que alimente minha alma e se algum dia isto incluir encarar um salto 20 agulha, estamos aí!

2 thoughts on “Going gray

Add yours

  1. Para os admiradores dessa escritora que não tiveram o privilégio de conhecê-la pessoalmente: ela aparenta ser 15 anos mais jovem. Não é elogio, mas uma característic ❤ Coisa linda! O tempo só lhe favorece!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Te Descrevi

em alguns pensamentos soltos que a cabeça e o coração insistem em discutir - Por: Mauro Garcia

Luk Ank

lukank.com@gmail.com

Tem Flor

Liberdade é para Ser Livre!

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

life's adventure world.

Solving problems through enlightenment and life experiences, life is short and so are my posts enjoy!

O Caminhante

emeio: o_mensageiro@outlook.com.br

Cachorro Magro?

Cachorro magro não tem fome, tem necessidade.

phenobilities

thoughts on phenomena & (im)possibilities

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

EntreContos

Detox Literário.

Conhecer Portugal em família

Visitar todos os concelhos de Portugal, em família.

THE DELAGOA BAY WORLD

Temas de ABM, principalmente Moçambique

Ruas com história

Toponímia em Portugal

Portal

Conversas entre nós

Ingrid Osternack Barros Neves

Artista Plástica e Ilustradora

entre conversas e flores

o que é a vida senão um conjunto de pequenas histórias?

%d bloggers like this: