Amanhecer-se

Esvaziar-se
Dizer adeus
sem querer partir
Abandonar-se

Mergulhar
nas sombras
desse vazio
Desencantar-se

Ir ao encontro
do próprio
espelho
Desiludir-se

Trazer à tona
Brilho
nefasto
do desengano

Triste poente
que irrompe
inerte
a madrugada

Chama
de vela
Iluminando
a escuridão

Saber-se só
Dona de si
e assim
bastar-se

Resplandecente
Nessa
urdidura
Amanhecer-se.

One thought on “Amanhecer-se

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Sangue da Forja

Escritos da Arte Sábia Tradiconal.

Te Descrevi

em alguns pensamentos soltos que a cabeça e o coração insistem em discutir - Por: Mauro Garcia

Luk Ank

lukank.com@gmail.com - instagram: @luk_ank

Tem Flor

Liberdade é para Ser Livre!

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

life's adventure world.

Solving problems through enlightenment and life experiences, life is short and so are my posts enjoy!

O Caminhante

emeio: o_mensageiro@outlook.com.br

Cachorro Magro?

Cachorro magro não tem fome, tem necessidade.

phenobilities

thoughts on phenomena & (im)possibilities

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

EntreContos

Detox Literário.

Conhecer Portugal em família

Visitar todos os concelhos de Portugal, em família.

THE DELAGOA BAY WORLD

Temas de ABM, principalmente Moçambique

Ruas com história

Toponímia em Portugal

Portal

Conversas entre nós

%d bloggers like this: