Meu Sangue

Os Óculos do Vovô, é o nome do filme que tem quase 5 minutos de duração. Dirigido por Francisco Santos, filmado em Pelotas minha terra natal.

Francisco Santos entre tantos feitos importantes para Cultura nacional, foi o padrinho que criou minha avó e suas irmãs. Ela falava dele, esposa e filhos com muito afeto e admiração.

Neste filme, minha bisavó Graziella é a mãe do menino, meu bisavô Jorge é o pai que faz a ligação para o médico. E o vovô, é o próprio Francisco Santos.

A história singela de um menino travesso, que pinta os óculos do avô que pensa ter ficado cego, é o registro mais antigo (preservado) do cinema brasileiro (1913).

Meu bisavô atravessou o oceano, partiu de Portugal pra viver seu sonho, no meio do caminho encontrou minha bisavó no Acre e saíram juntos a desbravar a vida. Parece romântico mas imagina o que era isto em 1910 se ainda hoje, viver de Arte é uma dificuldade!

Ser artista é andar no fio da navalha, sempre foi e sempre será. São amados, adorados, são portadores da nossa cultura, guardiões dos mil eus que somos, são linha de frente nas batalhas pela liberdade e ainda assim continuam sendo duramente julgados, como meus bisavós também foram.

Não foi uma nem duas vezes que a avó ouviu comentários maldosos. Qualquer traço de espontaneidade, qualquer anseio de liberdade que ela esboçasse, ouvia um ” só podia dar nisso, é filha de artistas”.

Eu tenho o sangue dos índios do Acre, tenho sangue mouro que corria nas veias do meu bisavô português. Eu sou mistura destas andanças, sou resultado do acaso ou do destino dos que vieram antes de mim. E como eu queria “ter dado” nesse “nisso” que tanto disseram pra minha avó!

Como queria ter herdado parte do talento e da coragem deles. Herdei este amor imenso pela Arte, esta mania de contar histórias. Sinto profundos respeito e admiração por todos que abraçam a Arte como profissão, principalmente aos que neste momento trevoso, não abandonam os ideais da Liberdade e lutam por ela com unhas e dentes.

(Para Graziella Moretto e @pedrocardosoeumesmo , com carinho)

One thought on “Meu Sangue

Add yours

  1. Essa tua “mania de contar histórias” agora tá explicado! Tá aí tua maior herança, essa é a tua arte. ❤️ lindo ter registro da nossa história

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

Revista do Globo

Magazine de Atualidade Mundial: Quinzenário de Cultura e Vida Social - signaes graphicos desde 5-1-1929 até 17-2-1967

Oceano de Letras

Just another WordPress.com site

Brasil de Longe

O Brasil visto do exterior

Sangue da Forja

Escritos da Arte Sábia Tradiconal.

TE DESCREVI

"em alguns pensamentos soltos"

Luk Ank

lukank.com@gmail.com - instagram: @luk_ank

Tem Flor

Liberdade é para Ser Livre!

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

life's adventure world 🌍.

Solving problems through enlightenment and life experiences, life is short and so are my posts enjoy!

O Caminhante

emeio: o_mensageiro@outlook.com.br

Cachorro Magro?

Cachorro magro não tem fome, tem necessidade.

phenobilities

thoughts on phenomena & (im)possibilities

Devaneios e Poesias

Devaneios, poesias, literatura e cultura geral

EntreContos

Detox Literário.

Conhecer Portugal em família

Visitar todos os concelhos de Portugal, em família.

THE DELAGOA BAY WORLD

Temas de ABM, principalmente Moçambique

%d bloggers like this: